Patrimônio Artístico

PATRIMÔNIO VIVO

O Registro do Patrimônio Vivo de Caruaru é uma política pública criada por lei em 2019 para salvaguardar artistas e grupos culturais que possuam conhecimentos ou técnicas necessárias para a produção da cultura popular e para a preservação da identidade cultural do município de Caruaru, valorizando, assim, os artistas e grupos culturais detentores de um legado que deve ser resguardado para as próximas gerações.

Azulão

Cantor e compositor, Francisco Bezerra de Lima, conhecido como Azulão, nasceu no dia 25 de junho de 1942, em Brejo de Taquara, distrito de Caruaru. Ainda criança, foi com a família morar no centro da cidade. Começou a cantar nos programas de calouros da extinta Rádio Difusora de Caruaru. Teve como influência na carreira os cantores Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga. Depois, Maestro Camarão, que criou a primeira banda de forró do Brasil, a Banda do Camarão, e chamou Azulão para fazer parte do conjunto. Na voz dele foram eternizadas músicas como Dona Tereza, Mané Gostoso, Caçote e Caruaru do Passado.

Contato:

(81) 99817-1567 (Azulinho)

Boi Tira-Teima

O Boi Tira Teima é um brinquedo popular centenário. Em 2011 foi fundada a Associação e Centro Cultural Boi Tira Teima para dar continuidade ao legado do Mestre Gercino. É uma organização de caráter educacional, cultural, de assistência social, filantrópico e sem fins lucrativos. Tem como objetivo central promover ações educativas e eventos culturais, fomentando a arte e a cultura folclórica do Bumba Meu Boi.

Contato:

(81) 99936-1081 (Roberto)

João do Pife

Nascido em Riacho das Almas em 20 de junho de 1943, o Mestre João do Pife iniciou a carreira de músico aos seis anos de idade. Muitas das músicas tocadas até hoje na Banda de Pífanos Dois Irmãos foram aprendidas com o pai. O Mestre João do Pife também fabrica os instrumentos percussivos e dos pífanos, além de compor e dar aulas. Compositor de mais de 50 músicas, entre baião, xote, ciranda e outras músicas da cultura popular do Nordeste, Seu João já viajou com a Banda Dois Irmãos para países como França, Estados Unidos, Portugal e Inglaterra.

Contato:

(81) 99220-7411 (Jéssica)

Mestre Luís Antônio

Luiz Antônio da Silva nasceu em 1935 no Alto do Moura. Contemporâneo e aprendiz do Mestre Vitalino, ele conseguiu criar obras próprias buscando inspiração em outras áreas, especialmente na temática das profissões e de engenhosas máquinas do cotidiano urbano: cinegrafistas, fotógrafos, médicos, advogados, carros, motos, etc. Mestre Luiz Antônio venceu o concurso da I Bienal de Artesanato de Pernambuco com a obra de um eletricista trabalhando em cima de um poste de iluminação pública. Em 1986 foi ao Japão expor sua arte popular na Feira Mundial de Artesanato. Trabalha diariamente em seu ateliê onde recebe turistas e colecionadores de arte popular.

Contato:

(81) 99695-5936 (Leonildo)

Mestre Sebá

Sebastião Alves Cordeiro Filho nasceu no município de Sertânia, no dia 20 de janeiro de 1957. Na vida exerceu muitas ocupações, como assistente de obra, padeiro e fabricante de vinagre. Já em Caruaru, entrou em contato pela primeira vez com o teatro ao ser chamado para atuar na peça "Solte o Boi na Rua", de Vital Santos, com o Grupo de Teatro Ivan Brandão. Sebá tem mais de 40 anos dedicados à cultura, com premiações por sua atuação no teatro, cinema e televisão. É fundador do Teatro de Mamulengos Mamusebá, da Companhia Pernas Pra Circulá e do Teatro Garagem Mamusebá. Sebá recebeu o título de cidadão caruaruense por reconhecimento ao seu trabalho na cultura popular.

Contato:

(81) 99982-1808 (Sebá)

Terezinha Gonzaga

Mestra na arte do barro, Terezinha é artesã do Alto do Moura e defende com muito amor a manutenção da sua arte. Passou por grandes dificuldades na vida após o seu esposo ser acometido por um mal que o deixou até hoje em estado vegetativo. Criou sozinha seus filhos, mantendo-os dentro da arte do barro como maneira de salvaguardar o legado do seu esposo. Hoje, Terezinha é tida como uma grande líder dentro da comunidade, dando oportunidade e repassando a sabedoria da arte do barro para quem desejar seguir por este caminho.

Contato:

9 9461-5416 (Terezinha Gonzaga)

Banda Zé do Estado

O grupo hoje conhecido como “Banda de Pífanos Zé do Estado” surgiu em meados da década de 20 no interior da Paraíba, por José Feliciano. Em meados da década de 50, buscando melhorias de vida, José se muda para Caruaru trazendo a esposa e 11 filhos, onde dos 11, apenas três se envolvem com o projeto. Mais tarde José Feliciano passa a trabalhar em uma repartição pública do estado no município de Caruaru, saindo daí o seu apelido de “Zé do Estado”. O grande diferencial da banda em relação a todas as outras bandas de pífanos é que desde sua formação sempre tocou com apenas 1 pífano, acompanhado por concertina, pandeiro, caixa, prato e zabumba. Isso influencia o timbre, a estruturação da rítmica da banda e todo o modo de construir o ritmo. A Banda de Pífanos Zé do Estado já participou de grandes eventos pelo o mundo, viajou à europa e teve seu ápice ao se apresentar no Rock In Rio 2017.

Contato:

9 9172-5169 (Lucivan)

Walmir Silva

Nascido no Alto do Moura, José Antônio da Silva Filho, artisticamente conhecido como “Walmir Silva, (codinome escolhido pelo radialista Ivan Bulhões). Iniciou sua trajetória musical aos 8 anos de idade, quando aprendeu a tocar viola com seu pai. Seus primeiros discos gravados na década de 70, tiveram como responsáveis pela produção musical Pajeú e Raul Seixas, e o conjunto e regência de Jackson do Pandeiro, com quem fez apresentações por várias cidades brasileiras. Walmir tem em seu currículo a gravação de 18 LPs em vinil, 02 compactos duplos em vinil e 02 CDs. Já recebeu 02 discos de ouro e 03 de platina.

Contato:

9 89411868 (Walmir Silva)

Joana Angélica

A cantora caruaruense gravou o primeiro disco em 1979 e fez parte da banda do Camarão durante 30 anos. Joana também já participou do grupo Karolinas com K, ao lado de Terezinha do Acordeon, Lourdes Silva e Maria Lafayete. Joana Angélica, que já foi homenageada do São João de Caruaru, passa hoje por dificuldades para se manter firme na sua arte devido às complicações causadas pela diabetes, que está fazendo com que ela perca sua visão.

Contato:

9 7327-5855 (Joana Angélica)

Dona Maria do Bolo

Natural de Santa Maria do Cambucá, Dona Maria do Bolo é exemplo de dignidade e empreendedorismo. Chegou a Caruaru e trabalhou como doméstica, vendedora de frutas e faxineira no Colégio Diocesano – onde conheceu o saudoso Olímpio, pioneiro em buffet, e começou a trabalhar produzindo salgados e doces – atividade que a tornou conhecida e contribuiu com a criação de seus filhos. Dona Maria faz, na Rua 42 – nas Rendeiras, há mais de 15 anos, o “Maior Pé de Moleque do Mundo”.

Contato:

9 7915-5492 (Maria do Bolo)

BANDAS DE PÍFANO

A chamada Banda de Pífanos é uma das mais fortes tradições musicais do Nordeste. No Ceará, essas bandas são chamadas de "Cabaçal"; em Alagoas, de "Esquenta mulher"; e, na Paraíba e em Pernambuco, de "Terno" ou "Zabumba". Tais bandas compõem-se normalmente de 2 pífanos, 3 tambores, 1 caixa, 1 tarol e pratos de metal. Utilizam-se um pífano mais grave e outro mais agudo, como se fossem a primeira e a segunda flautas. Pífanos ou pífaros ou ainda "pifes", na linguagem do interior, são flautas transversas feitas de taquara ou lata. Para muitos, sua origem remonta uma tradição Ibérica. Na Espanha, existem as bandas que acompanham as Pastorales e Vilancicos no Natal, e, em Portugal, com o nome de Bombo, estão presentes nas romarias e cantigas de arraial. No interior nordestino, acompanham festas religiosas, enterros, novenas e procissões. Durante o São João de Caruaru, o turista pode assistir às apresentações das bandas de pífanos no Polo Cultural da Estação Ferroviária.

Banda de Pífanos Dois Irmãos:

(81) 99104-4438

Banda de Pífanos Zé do Estado:

(81) 99264-1724

Banda de Pífanos Princesa do Agreste:

(81) 99370-0732

Banda de Pífanos Cultural:

(81) 99463-9039

Banda de Pífanos Alvorada:

(81) 99205-3219

Banda de Pífanos Vitoriano:

(81) 99154-9887

Banda de Pífanos Nº Senhora das Graças:

(81) 99302-9462

Banda de Pífanos Moises:

(81) 98995-7131

Banda de Pífanos Arrasta Pife:

(81) 99312-1116

Banda de Pífanos Mirim Zé do Estado:

(81) 99400-3239

Banda de Pífanos Inclusão:

(81) 99312-1116

TRIO DE FORRÓ PÉ-DE-SERRA

Trio musical que toca o autêntico forró, música nordestina que reúne diversos gêneros como baião, xote, coco, xaxado, rojão, arrasta-pé etc. Geralmente, é formado por 3 instrumentos (acordeon/sanfona, zabumba e triângulo) e tem como referência musical o repertório de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. A expressão “pé de serra” é usada para se referir ao universo do forró “tradicional” ou “gonzagueano” em contraposição ao forró “universitário” ou “eletrônico”. Durante o São João de Caruaru, o turista pode assistir aos shows dos trios de forró pé-de-serra no Polo Cultural da Estação Ferroviária.

Trio Fole de Ouro:

(81) 99169-4246

Trio Santa Rosa:

(81) 99283-7014

Trio Forró D+:

(81) 99142-6010

Trio Lavareda do Forró:

(81) 99733-3247

Trio Raízes da Terra:

(81) 99399-9833

Trio Alternativo:

(81) 98869-9891

Trio Raízes Nordeste :

(81) 99411-5267

Trio Capital Nordestina:

(81) 99195-2423

Trio Unidos do Forró:

(81) 99816-1964

Trio Cheiro de Alecrim:

(81) 99120-9901

Trio Verde Aveloz:

(81) 99324-9947

Trio Amor e Café:

(81) 98107-5843

Trio São João:

(81) 97306-6210

Trio Boa Sorte:

(81) 99474-6397

Trio Carrapicho:

(81) 99185-0433

Trio Fuá:

(81) 97311-5468

Trio Cassula:

(81) 99875-6935

Trio Tabajara:

(81) 99903-3446

Trio Preto do Leite:

(81) 99252-3354

Trio Floresta:

(81) 98138-7668

Trio Pereira do Acordeon:

(81) 98935-8881

Trio Coroado:

(81) 99306-7967

Trio Remelexo:

(81) 99413-2530

Trio Forró Raiz:

(81) 99779-7124

Trio Forrozão Mandacaru:

(81) 98964-6680

Trio Gavião:

(81) 98981-3701

Trio Buscapé:

(81) 99186-7043

Trio Jota Junior:

(81) 99896-7153

Trio Respeita Januário:

(81) 99326-0705

Trio Namorados da Lua:

(81) 98151-2573

Trio Forró Mais Eu:

(81) 98988-1469

Trio Lenhado:

(81) 99656-3474

Trio Derson Luiz:

(81) 99646-2059

Trio Luan Nascimento:

(81) 98902-4794

Trio Virapurú:

(81) 99411-0719

Trio Se Vira Nos Trinta:

(81) 99261-5519

Trio Seu Simão:

(81) 99270-3764

Trio Seguros do Forró:

(81) 99222-1583

Trio Lampião de Barro:

(81) 99690-9007

Trio Cangaceiro do Forró:

(81) 99967-3146

Trio Mulher Nordestina:

(81) 98945-2008

Trio Batateira do Forró:

(81) 99912-0315

Trio Caruara:

(81) 97912-8391

Trio Café com Leite:

(81) 99627-6134

Trio Camaleão:

(81) 98726-8498

Trio Valores da Terra:

(81) 99287-6589

Trio Vitalino:

(81) 99139-6385

Trio Vai Hoje:

(81) 99317-8194

Trio Dominguinho:

(81) 99393-2082

Trio Bau dos 8 Baixos:

(81) 99827-1444

Trio Bigodinho:

(81) 99836-0404

Trio Chamego Bom:

(81) 99422-6312

Trio Asa Branca:

(81) 98734-9510

Trio 3 de Caruaru:

(81) 97912-8391

Trio Pedrinho Acordeon:

(81) 99585-2651

Trio Forró Pesado:

(81) 99415-6954

Trio Bom Jesus:

(81) 99981-5835

Trio Tapera:

(81) 99420-3564

Trio Arupemba:

(81) 99195-2423

Trio Novo Astral:

(81) 99420-3267

Trio Xamegado:

(81) 98112-9257

Trio Alternativo do Forró:

(81) 98869-9891

Trio Forró da Gota:

(81) 99714-9357

Trio Lavareda:

(81) 99733-3247

Trio Forrozando de Ouro:

(81) 99179-1380

Trio Brilho da Terra:

(81) 99678-8519

Trio Viny do Acordeon:

(81) 99207-3010

Trio Bigode dos 8 Baixos:

(81) 99784-9688

Trio Expressinho do Forró:

(81) 99979-3081

Trio Forró Quentão:

(81) 99134-1973

Trio Nós Todos No Forró:

(81) 99915-0095

BATALHÃO DE BACAMARTEIRO

Originalmente, bacamarteiro é a denominação do soldado integrante da infantaria do Exército Imperial Brasileiro destacado na Guerra do Paraguai. Findo o conflito, o bacamarte (arma de fogo de cano curto e largo, carregada com pólvora seca) passou a ser utilizado na defesa pessoal e da propriedade notadamente no interior do Nordeste. Em Pernambuco, é uma tradição ligada às festividades juninas, o que levou à criação de uma lei estadual estabelecendo o dia 24 de junho, dia de São João, como o Dia Estadual do Bacamarteiro. A manifestação cultural dos bacamarteiros consiste em um grupo de pessoas, vestidas com calça e camisa de zuarte, lenço no pescoço e chapéu de palha ou couro, que se reúnem em batalhões, sob a chefia de um sargento, e realizam uma apresentação performática. Durante o São João de Caruaru, o turista pode assistir ao desfile dos batalhões de bacamarteiros no Polo Cultural da Estação Ferroviária.

Batalhão 20:

(81) 99235-4636

Batalhão 17:

(81) 99238-2993

Batalhão 95:

(81) 99278-1581

Batalhão 25:

(81) 98949-3214

Batalhão 27:

(81) 99691-6895

Batalhão 04:

(81) 99700-9576

Batalhão 28:

(81) 99988-6133

Batalhão 41:

(81) 99209-6472

Batalhão 14:

(81) 97100-6013

Batalhão 139:

(81) 99388-4224

Batalhão 23:

(81) 99123-3126

QUADRILHA JUNINA

As quadrilhas juninas ou “matutas” são grupos de dança típicos das festas de São João. O nome quadrilha tem origem na palavra francesa quadrille. Os principais elementos das quadrilhas são a dança em pares de casais, a encenação de um casamento e a presença de um animador, também chamado de marcador, que dirige a coreografia anunciando os passos com nomes adaptados de expressões francesas. Durante o São João de Caruaru, o turista pode assistir ao Concurso de Quadrilhas Juninas realizado no Polo Cultural da Estação Ferroviária.

Quadrilha Flor Do Caruá

Diogo Caldas de Morais: (81) 99503-1054 - [email protected]
Elton Romão de Oliveira: (81) 99285-9368
Bruna Moares: (81) 99745-4584

Quadrilha Molecodrilha

Lucineia Ferreira Chagas: (81) 97306-2212 - [email protected]
Leticia Rafaella Ferreira Chagas: (81) 99226-9110

Quadrilha Mistura Matuta

Kleber Alves: (81) 99895-8365 - [email protected]
Douglas Francisco: (81) 98467-0910 - [email protected]

Quadrilha Luz Do Candeeiro

Vanderson Assis: (81) 99236-0079 - [email protected]
Valdir Santos: (81) 99970-1540 - [email protected]

COMIDAS GIGANTES

Na década de 1990, surgiu, em Caruaru, um movimento gastronômico para animar os forrozeiros no período junino oferecendo muito forró e comida regional em grandes proporções. Para se ter uma ideia da grandiosidade dessas comidas, uma dessas festas mais populares, o Maior Cuscuz do Mundo, é preparado com 600 kg de flocos de milho e cozinhado em uma cuscuzeira que mede 4 metros de altura. Já o Pé de Moleque Gigante é preparado com 800 kg de massa de mandioca e servido em uma mesa que mede 20 metros de muito sabor. Hoje em dia, existem 2 associações que organizam o movimento das comidas gigantes em Caruaru. Ao todo, são realizadas mais de 40 festas de comidas gigantes no período junino em bairros da cidade e vilas da zona rural.

O Maior Cuscuz Do Mundo:

(81) 99292-7062

Pé De Moleque:

(81) 97915-5492

Cozido De Milho Na Manteiga De Garrafa:

(81) 99382-0326

Chocolate Quente:

(81) 99417-2474

Tareco E Mariola:

(81) 99294-6943

Festa Da Batata Doce:

(81) 99502-7619

Maior Quentão:

(81) 99971-7466

Maior Caldinho:

(81) 99183-8670

Dobradinha:

(81) 99110-1491

Bolo De Milho Gigante:

(81) 99778-6707

Maior Queijo De Coalho Assado Do Mundo:

(81) 99924-6122

Arraiá Do Pão Doce:

(81) 97326-8336

Maior Tapioca:

(81) 99635-7063

Festa Da Polenta:

(81) 99397-4358

Festa Do Bolo De Rolo:

(81) 99914-2226

Assado De Milho:

(81) 99760-5748

Festa Da Macaxeira:

(81) 98905-9852

Maior Arrumadinho De Charque:

(81) 99318-3916

Maior Pipoca:

(81) 99177-2077

Bolo De Tapioca:

(81) 99482-3743

Bolo De Saia:

(81) 99480-0902

Bolo Engorda Marido:

(81) 99195-2411

Bolo Barra Branca:

(81) 99980-1071

Mesa Junina:

(81) 99168-2260

Maior Cuscuz Temperado:

(81) 99425-3700

Festa Do Beijú:

(81) 99402-3415

Broa De Milho:

(81) 99448-1847

Milharada Assada:

(81) 9199-8872

Bolo De Macaxeira:

(81) 99486-6181

Salgadinho Gigante:

(81) 99218-5762

Festival Do Milho:

(81) 99446-2070

Maior Quarenta:

(81) 99185-9573

Festa Do Munguzá:

(81) 99518-5780

Mata Fome Gigante:

(81) 99177-2808

Maior Pela Jegue:

(81) 99983-6938

Festa Da Paçoca:

(81) 99214-1465

O Maior Cozido De Milho Do Mundo:

(81) 99303-7496

Maior Caldinho De Feijão Preto Do Mundo:

(81) 98918-0177

Maior Munguzá Do Sertão:

(81) 99521-8022

Maior Bolo De Trigo Do Mundo:

(81) 99286-3318

Maior Canjica:

(81) 99459-4949

Xerém Com Galinha:

(81) 99158-9191